O meu filho tem medo. Será normal?

Os Problemas de Ansiedade, Medos e Fobias, devem ser conceptualizados e avaliados por um psicoterapeuta, para aferir a necessidade Acompanhamento Psicoterapêutico.

O MEDO é uma resposta emocional perante ameaças reais ou imaginadas, que de certa forma nos alerta para reagir a uma possível situação de perigo ou ameaça.

Quando falamos em ANSIEDADE, falamos da antecipação de uma futura ameaça.

Contudo, existem medos considerados típicos de determinadas fases do desenvolvimento. No entanto, apesar de típicos da faixa etária, SEMPRE QUE GERAM SOFRIMENTO E INTERFERÊNCIA NA VIDA DIÁRIA DEVEM SER ALVO DE AVALIAÇÃO TÉCNICA.

Como medos considerados desenvolvimentais:

0-1 Ano- Medo de estímulos intensos/ pessoas estranhas (mais frequente entre os 6-12 meses);

2-4 Anos- Medo de animais/Tempestades;

4-6 Anos- Medo do Escuro /Bruxas e fantasmas/Catástrofes/Separação dos Pais;

6-9 Anos- Medo de Danos corporais/de parecer ridículo;

9-12 Anos- Medo de acidentes, doenças/Mau rendimento escolar/Conflito Parental;

12-18 Anos- Medo de relações interpessoais/ Perda de Auto-Estima.

Quando ultrapassa a faixa etária típica deve ser avaliado e enquadrado no contexto familiar e social da criança e jovem.

Have a question?

[contact-form-7 404 "Not Found"]