Ansiedade aos exames. Pequenas estratégias para grandes resultados. Sim é possível!

A época de exames já teve início para muitos jovens.

Contudo, este não necessita ser um momento vivido com receio e ansiedade, ao ponto de nos paralisar (mecanismos de defesa que ativamos quando sentimos a situação como ameaçadora: fuga, congelar, bloquear). Sabemos que a nossa sociedade incute desde muito cedo na criança uma cultura de ranking social, de desempenhos extraordinários, privilegiando os resultados académicos, deixando para segundo plano a literacia emocional. Não é de todo estranho que nos surjam em consulta pais preocupados com questões de auto-estima, frustração, tristeza, sintomas de ansiedade, depressão. O medo de “não ser suficientemente bom”, “de não ter desempenhos compatíveis com as aspirações que têm ou que lhes foram incutidas, fragilizam estes jovens desde muito cedo.

Estes jovens estão numa fase desenvolvimental com repercussões importantes para o seu futuro, enquanto Seres Humanos, pertencentes a um grupo. Diria mesmo que o equilíbrio é a palavra chave, pois é sabido que um determinado nível de ansiedade é fundamental para um bom desempenho. Afinal não seria adaptativo irmos fazer um exame importante para a nova vida académica com o mesmo estado de humor que temos quando vamos socializar numa festa com os nossos amigos não é?

Não nos devemos sentir mal por estarmos ansiosos ou desconfortáveis, pois como dissemos anteriormente, é um momento importante e, vivê-lo com a responsabilidade e organização necessárias fará com que possamos acolher o momento presente, com tudo o que esse momento acarreta, i.e., as emoções positivas, emoções mais desagradáveis, cognições.

Deixamos aqui algumas sugestões para esta etapa da vida, tentando retirar dela aprendizagens para o futuro:

– Fazer um plano de estudo diário estabelecendo as matérias que quer estudar, a janela horária e, as metas para o final do dia;

– Nessa planificação é importante determinar momentos de pausa. Nessas pausas é importante alimentar-se, hidratar-se, fazer uma pequena caminhada ou contemplar o seu jardim ou mesmo a sua janela;

– Treine com exames de anos anteriores;

-Tenha especial atenção ao ambiente de estudo. É importante que se sinta confortável, que seja iluminado, sossegado e com o mínimo de distrações possíveis;

– Durante o período de estudo evite o use de ecrãs tais como o telemóvel, a televisão ligada, consultar redes sociais;

– Tente dormir durante as horas necessárias e manter uma rotina e boa higiene do sono (dormir 8h, deitar e levantar à mesma hora diariamente, não usar telemóvel ou ver televisão 30min antes de dormir, quarto com temperatura ambiente adequada, roupa confortável);

– Não se isole, procure contatar com os seus colegas, amigos, família;

– No final de cada dia faça uma actividade que lhe dê prazer e que sinta como um auto-cuidado (servirá certamente de reforço e dar-lhe-á motivação e energia para o dia seguinte)

– Acredite em si!

Have a question?

[contact-form-7 404 "Not Found"]